Many Worlds, Many Languages

8 de setembro de 2015

Roda do Ano em honra à Gaia

Criei outro modelo de roda do ano, baseada na Deusa Gaia. Mesmo os sabbats sendo ritos solares basicamente focados no ciclo anual do Deus, é possível adaptá-los com o foco nos mitos e divindades femininas.


Gaia Altarpiece - Elsie Russel. 1992.
Samhain - Gaia a Senhora das Profecias
Você pode trabalhar a questão oracular, os sonhos proféticos e as jornadas ao submundo. Gaia é chamada pelos gregos antigos de "A Primeira Profetisa", ela foi a primeira divindade a reger o Oráculo de Delfos antes de suas filhas e neto e sempre teve ligação com o submundo (Erebo e Tártaro são seus irmãos e consortes).

Yule - Gaia a Mãe-Avó Protetora
Gaia protegeu, cuidou e treinou Zeus junto de sua mãe desde seu nascimento até que ele tivesse poder pra enfrentar seu pai.

Imbolc - Gaia a Senhora da Purificação
Após Apolo matar uma das filhas de Gaia, a Píton, a Deusa o amaldiçoa e ele se vê mergulhado em miasma (poluição espiritual para os gregos) Ela o orienta a fazer uma peregrinação onde se purificaria começando no local da morte da Píton e terminando em Delfos. Quando Ele chega lá Ela o presenteia com o poder sobre os oráculos.

Ostara - Gaia a Senhora da Vida
Quando Perséfone é atraída pro local onde seria "raptada" por Hades, o que chama a atenção dela até lá é uma flor de narciso que Gaia faz nascer ali no local. Ela pode ser honrada como a Senhora da Vida e que ajudou a fazer acontecer um dos mitos de amor da Grécia mais bonitos até hoje.

Beltane - Gaia a Senhora da Fertilidade
Gaia. Thalia Took.
Nas Dionisíacas Rurais (festas de êxtase e com alto teor sexual) Gaia era uma das divindades honradas junto de Dioniso e Pan. O fogo que também é uma das representações de Dioniso, é dito ser alimentado pela terra (Gaia).

Litha - Gaia a Rainha dos Deuses
É de conhecimento geral que quem manda na porra toda é Ela. Em todas as guerras, destruições do mundo e etc, quem ajudava, articulava e salvava a pele da galera quando a coisa ficava feia era Gaia. Nem Zeus consegue deter o poder Dela e a reconhece como a Mater Panton (Mãe de Tudo).

Lammas - Gaia a Senhora das Colheitas
É a Deusa da Terra, a Mãe Natureza e foi super cultuada junto dos templos de Deméter, Hera e Rhea-Cibele também com esse aspecto. Aqui nem preciso falar muito que é meio óbvio rs.

Mabon - Gaia a Deusa da Destruição e da Família
"Porque você não jogou esse aspecto no Samhain?"
Porque no Mabon é quando morrem nossos sentimentos velhos, nossa perspectiva se volta pra dentro e passamos por grande fase de reflexão. Um dos grandes temas do Mabon é a reflexão e voltar-se pra família, preparando-se pro Samhain e tal. Gaia é a Mãe de todos os Deuses e homens (Megale Meter - A Grande Deusa-Mãe) e nesse momento você pode refletir através de todos os mitos em que Ela presencia seus filhos se matando, lugares sagrados a Ela sendo destruídos, pessoas matando seus filhos (nos mitos e na vida real), o que é ver esses acontecimentos através dos olhos Dela, a Mãe de tudo o que nos rodeia inclusive nós mesmos.


(Fonte: Deviantart)


Divirta-se.
E que Gaia abençoe nossas vidas
Álex Hylaios

3 de setembro de 2015

Roda do ano ao Deus Pan


Elaborei essa estrutura adaptada da roda do ano wiccana (os sabbats), com foco no Deus Pan. Espero que ajude àqueles que procuram um contato mais íntimo e poderoso com o Senhor de Chifres. 
Khaire Pan! 


Samhain - 31/10 (HN)¹ 30/04 (HS)²
Tema: A colheita do Bode
A ideia é lançar um olhar sobre mito romano da "morte" de Pan. Meditar sobre o distanciamento das características do Deus Cornudo do mundo e das sociedades, como metáfora que fala sobre o distanciamento das pessoas da natureza e do lado selvagem, exterior e interior a si. Como esse horrendo ato de automutilação à alma pode te levar a morte. 

Yule - 20-25/12 (HN) 20-25/06 (HS)
Tema: "O Grande Deus Pan está vivo!"
Vivenciar o "retorno" do Deus Pan ao mundo. Na época do renascimento, com o resgate da cultura da Grécia antiga, vários Deuses gregos voltaram ao dia a dia da sociedade moderna. Pan foi um dos que mais se fez presente na poesia, teatro, arte, esculturas, entre outros. Ainda hoje, podemos sentir a cada dia mais, o retorno da presença, magia e poder de Pan no nosso mundo. 

Imbolc - 02/02 (HN) 01/08 (HS)
Tema: Celebrando a renovação da Vida.
Conta o mito que após a guerra dos Titãs, a região da Arcádia estava totalmente destruída. Pan restaurou as florestas e prados com sua magia, e ao anoitecer, vestiu uma pele de carneiro e dançou e tocou sua flauta a luz da Lua para celebrar. Nesse momento a Deusa Titânide Selene se apaixonou por Ele e desceu à Terra para se deitar com Pan.

Ostara - 20-25/03 (HN) 20-25/09 (HS)
Tema: A Fertilidade permeia Tudo: Pan e Afrodite
Num dos mitos que Pan partilha com a Deusa Afrodite, ambos são protetores das abelhas e possuem o mel como seu símbolo sagrado. Esse festival pode ser feito com a intenção de celebrar as dádivas do mel e da renovação gradativa da natureza que tanto deve ao trabalho das abelhas a manutenção e renovação de seus ciclos anuais.

Beltaine - 30/04 (HN) 31/10 (HS)
Tema: Hieros Gamos - O Casamento com a Terra
A energia sexual de Pan é uma de suas características mais marcantes. Ele se deita com várias Deusas, e em alguns mitos, é filho e consorte da própria Mãe-Terra, Gaia, a primeira Mãe de Tudo, segundo a visão helênica.

Litha - 20-25/06 (HN) 20-25/12 (HS)
Tema: Pan, O Deus das Fadas

É consenso entre os devotos de Pan o quanto sua energia está conectada com os povos feéricos. Em vários de seus aparecimentos ao longo da idade moderna, Ele e seus sátiros aparecem nas noites de verão de Shakespeare, nos bosques encantados de Lorde Byron, no emocionante livro de Arthur Machen "O Grande Deus Pan", ou nas ilustrações de imenso poder de Brian Froud. O mundo feérico também é governado por um Senhor de Chifres tão selvagem e antigo quanto o Povo Pequeno.


Lammas - 01/08 (HN) 02/02 (HS)
Tema: Os jogos de Pan
Conta o mito que Pan questionou um mensageiro, Fidípides, que corria rumo a batalha dos atenienses contra os Persas, por que os atenienses não lhe prestavam mais culto se já o haviam feito no passado. Pan então fala do quanto tem bons olhos em relação a cidade de Atenas e oferece ajuda caso voltem a cultuá-lo. Os atenienses concordam e fazem sacrifícios e libações à Pan. Após vencerem os persas, eles clamam em louvor o nome de Pan, constroem um templo à Pan sob a acrópole, e ofertam anualmente, uma corrida de tochas e sacrifícios em honra ao Deus. 

Mabon - 20-25/09 (HN) 20-25/03 (HS)
Tema: O Cuidar como expressão do Amor

Pan é também uma divindade ligada ao Amor. Ele é uma expressão primordial e selvagem dessa energia. Pan nos mostra o quê e onde podemos dar verdadeira atenção e amor em nós mesmos, e no mundo. Você embeleza o mundo ao seu redor a cada passo dado? Você espalha a alegria da Vida a cada sorriso provocado? Você inspira a magia em si e nos outros a cada ato consumado? Pan lhe guiará e será guiado por você nessa jornada de auto-reflexão; assim como quando Psyquê tentou o suicídio e as palavras de Pan lançaram sobre Ela reflexões que a fizeram enxergar em si uma força interior adormecida, Ele o guiará por uma estrada parecida.



Que a Presença, o Poder e a Magia de Pan floresçam no mundo. 
Hoje e sempre! 

Eirene Theoi! 
Álex Hylaios

¹ Hemisfério Norte (data original da celebração)
² Hemisfério Sul (data adaptada ao calendário local) 

  


  

6 de julho de 2015

Saudações diárias ao Deus Pan

Saudação matinal à Pan:


Hoje canto a Pan 
Senhor da Natureza e da Vida 
Senhor do Masculino e da Alegria 
Senhor de Tudo, dentro e fora de mim. 
Seu chifre enaltece meu poder 
Seus cascos emponderam meus caminhos 
Sua presença alegra todo o meu ser 
E rico e próspero eu sou 
Por dentro e fora de mim 
Saber que eu sou Você 
Ande comigo hoje e sempre 
Dance comigo hoje e sempre 
Ame comigo hoje e sempre 
Pois hoje e sempre, eu sou seu. 
Abençoado sejas Poderoso Pan. 
Hoje e sempre. 
E me lembrarei de ti em outras canções. 
Khaire Pan!

Saudação noturna à Pan:

Seu chifre me deu poder 
Seu casco me amparou 
Sua força é minha força 
E hoje eu descanso feliz contigo do meu lado 
O meu chão é sagrado pois tu caminhou sobre ele 
Meu coração é sagrado pois você cantou para ele 
Meu sexo é sagrado pois você constitui tudo dele 
Obrigado por tudo meu Pai 
Obrigado por minha vida 
Obrigado por meus obstáculos 
Pois com o poder em mim que vem de ti 
Eu vencerei todos eles 
Abençoado sejas Caçador. Abençoado sejas Bom Pastor. Abençoado sejas Grande Deus Pan. 
Nessa noite e em todas as outras que virão. 
Eirene Theon!

Álex Hylaios
(Reprodução permitida desde que citada a fonte)