Many Worlds, Many Languages

18 de maio de 2014

Os epítetos de Afrodite

Essa é uma pesquisa pessoal sobre os epítetos (títulos sagrados, usados no culto de determinada divindade grega) da Deusa Afrodite. Espero poder fazer em breve algo parecido com os hinos antigos e propor uma análise sobre os mesmos.

Estátua de Afrodite. (desconheço a autoria)
Epítetos de Afrodite

Akidalia - um título de Vênus em Roma. O nome de uma terma natural onde Vênus se banhou com as Graças. Em grego, significa “a que afasta os problemas/preocupações”,

Akraia - A que está nas Alturas,

Alilat’ê - segundo Heródoto, é a forma que os “árabes” - povos do oriente - chamam Afrodite Urania,

Amathousia - Amathountia, da cidade de Amathus em Chipre. Um dos mais antigos centros de culto da Deusa.

Ambologera - A que venceu a velhice, A que atrasou a posteridade. Cultuada em Esparta com esse título.

Anadyomene - “A Deusa que se levanta do Oceano”. Título que faz referência ao mito de nascimento de Afrodite.

Antheia - Título que Afrodite recebeu em Cnossos. “A que floresce” ou “Amiga das Flores”.

Apatouria - “A que Engana”. Título que recebeu de acordo com o mito da guerra dos gigantes. Eles encurralaram Afrodite e esta chamou Héracles (Hércules) para ajuda-la. Ao longo que os gigantes iam adentrando na caverna, a Deusa os enviava direto para a morte nas mãos de Héracles.

Aphakitis - Título recebido por conta de seu templo na cidade de Apace, na Síria. A senhora dos oráculos.

Apotrophia - “A que põe pra fora”. Cultuada em Thebas com esse título, refere-se ao poder da Deusa que coloca pra fora tudo aquilo que as pessoas escondem em seus corações. Era cultuada junto dos aspectos de Pandemos e Urania.

Arakunthia - Faz referência ao templo dessa Deusa que se localizava no Monte Arakintos.

Areia - “Toda armada”. Refere-se a Afrodite como Senhora da Guerra, companheira de Ares. Aqui ela aparece toda vestida em armadura e portando armas.

Argynnis - Referência ao devoto Argenos, que era um dos homens favoritos de Agamenon. Quando ele morre em batalha, Agamenon erige um templo em honra a Afrodite Argynnis no local de morte do seu devoto.

Kallipugos - Título relatado por Ateneu, refere-se as formas sofisticadas, luxuosas e que compunham o escopo de mulher rica da aristocracia grega.

Knidia - Refere-se a sua famosa estátua feita em Cnidos na Cária. Críticos da arte afirmam que a Vênus de Médici é uma cópia da estátua de Afrodite Knidia.

Kolias - Faz referência ao templo de Afrodite no promontório ático ao lado do de Héstia.

Kyprogeneia - “Nascida em Chipre”. Referência ao mais antigo e maior local de culto da Deusa.

Kuthereia - Deriva da cidade de Cítera em Creta, ou da ilha de Cítera, que no mito, refere-se ao lugar onde Afrodite pisou primeiro logo após nascer. Possui templos em ambos os locais.

Despoina - “A que comanda. Governante. A que domina.” Título de poder pertencente a várias divindades femininas gregas, sendo uma delas, Afrodite.

Dionysia - A que acompanha Dioniso. Amante de Dioniso.

Dionaea - Título que refere-se as coisas sagradas para Afrodite; como as rosas, as pombas, barcos. É uma metonímia do nome da Deusa.

Erukiane - Deriva do templo que a deusa possuía no monte Eryx, na Sicília. Foi erigido por um de seus filhos, o príncipe Eryx.

Gamelia - Protetora dos casamentos.

Genetullia - Protetoras das grávidas e dos nascimentos.

Hekaerge - A que acerta de longe. O mesmo epíteto de Ártemis.

Idalia - Deriva da cidade de Idalion, em Chipre.

Limeniatis - Protetora dos capitães de navios, dos portos e dos navegantes. Pan possui o mesmo epíteto.

Mekhanitis - “Habilidosa nas invenções”. Athena, Zeus e Hefesto dividem esse título com Afrodite.

Melainis - “A Escura”. Cultua em Corinto com esse título.

Melinaea - Da cidade de Melina.

Migonitis - Da cidade de Miconio, na Lacônia. Local de vários templos Dela.

Morpho - Cultuada em Esparta com esse título, era representada sentada com os pés acorrentados e a cabeça coberta.

Nikephoros - A que traz a Vitória.

Pandemos - “Que é de Todos.” Esse epíteto denota dois contextos históricos de interpretação. O primeiro refere-se aos prazeres carnais do corpo que era vivenciado nas orgias sagradas do período e nas festas que aconteciam tais práticas. O outro sentido é o político. Acredita-se que Teseu instituiu o culto a Afrodite Pandemos na fundação da cidade-estado de Atenas pois é através Dela que ele conseguiu reunir todos os aglomerados e vilas numa única fundação sólida e consolidada como a pólis de Atenas. Outra divindade que possui esse epíteto é Eros.

Paphia - A que vem de Paphos, em Chipre.

Peitho - Personificação da Persuasão. Ora uma divindade a parte, a Persuasão sempre foi cultuada profundamente próxima a Afrodite. Acredita-se que se foi alguma divindade singular da Deusa, se transformou em um dos aspectos de Afrodite ao longo de seu culto. Na Lacônia, Arcádia, Chipre, Creta e Atenas haviam templos com estátuas de Afrodite com esse aspecto.

Syria Dea - “Deusa da Síria” Sob esse título o nome da Deusa Astarte apareceu pela primeira vez nos relatos gregos e denota que Afrodite partilha de características próximas de Astarte ou foi essa mesma que foi assimilada como Afrodite pelos povos helênicos.

Ourania - “A Celeste”. Aspecto de Afrodite que representa a oposição aos prazeres carnais e o caminho espiritual. Não se oferecia vinho ao se cultuar esse aspecto Dela;  Platão a descreveu como o aspecto mais elevado e olimpiano da Deusa.

Zephuritis - Derivado do templo localizado no promontório de Zefírium no Egito.


Zerynthia - Derivado do templo na cidade de Zerinto, na Trácia. Aproxima-se da Deusa Rhea-Kybelle.

POPOZUDA BEIJINHO NO OMBRO - Forma carinhosa do Álex chamar a Deusa. 



Com muito amor, 

Eirene theoi!
Álex Hylaios

Um comentário:

  1. Que legal, principalMente a contemporaneizada do Hylaios, kkk.

    ResponderExcluir